Home » Desassossegos, destaque, novidades

…Retorno…

17 December 2013 19,514 views 0 Comentários

Depois de um bom tempo afastada, I’m back…(acho que já escrevi um post com esse título!)

Estou precisando escrever…e por isso, resolvi reativar as postagens! Egoismo? Pode ser…só apareço por aqui quando preciso! Em partes…na verdade, esse ano foi bem atribulado (sei que não justifica, mas explica). Postarei a Retrospectiva by Jana até o final do ano…sem promessas tá! Se der, blz…se não der, blz também! Continuo igual: escrevendo com 3 pontos, sem tantos compromissos com a língua-mãe e totalmente desapegada de julgamentos…só quero escrever! Prá mim e por mim…se alguém quiser ler e achar bom, show! Caso contrário, não ficarei frustrada, pois não criarei expectativas…na verdade, nunca tive essa pretensão…

Enfim, mais um ano se foi e com ele tantas promessas…conquistei muitas coisas e outras tantas deixei prá lá. Superei algumas metas e tropecei em tantas outras. Só tropecei, não fiquei no chão! Ou fiquei, por pouco tempo…me surpreendi com algumas pessoas e me decepcionei com outras…tudo normal até aqui né! Prá reinaugurar pela terceira vez esse espaço que tanto curto, vai aí um poema do Drummond, que ilustra todos os meus Desejos…

“Desejo a vocês…
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho.
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender um nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu.”

Carlos Drummond de Andrade

Share and Enjoy

  • Add to favorites
  • Google Plus
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest
  • LinkedIn
  • Email
  • RSS
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...Loading...


Deixe um comentário!

Coloque o seu comentário abaixo, ou link de volta a partir do seu site. Pode também subscrever estes comentários via RSS.

Seja cordial. Respeite o assunto do tópico. Não faça spam.

Pode usar estas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Este blog usa Gravatares. Para obter o seu próprio avatar-globalmente-reconhecido, por favor registe-se em Gravatar.